Nesta edição:

  • Câmara termina contagem de assinaturas de pacote anticorrupção;
  • Dominicanos protestam contra a corrupção na Odebrecht;
  • Beckenbauer interrogado por autoridades suíças devido a escândalo de corrupção.

Câmara termina contagem de assinaturas de pacote anticorrupção
A Secretaria-Geral da Câmara dos Deputados enviou à Comissão de Constituição e Justiça (“CCJ”) nota em que atesta ter contabilizado cerca de 1,7 milhão de assinaturas ao projeto de iniciativa popular conhecido como “10 Medidas Contra a Corrupção”.
A CCJ deverá decidir se aprova a contagem e, em caso positivo, informará ao Senado para que o projeto volte a tramitar.
O projeto havia sido “adotado” por um deputado da Casa, forma que a Câmara utiliza habitualmente em projetos de iniciativa popular para evitar ter que checar todas as assinaturas do projeto popular; havia, ainda, sofrido alterações numa primeira votação na Câmara.
O Ministro do STF Luiz Fux censurou esse modo de proceder. Afirmou que a Câmara deveria checar as assinaturas e que projeto de iniciativa popular deve seguir rito diferente de outras iniciativas de lei.
Por tal razão, há a possibilidade de que a Câmara tenha de refazer a votação do projeto.
Link da notícia

Dominicanos protestam contra a corrupção na Odebrecht
Mais de 1,500 pessoas protestaram em Santo Domingo contra a corrupção no país, e, para exigir punição aos envolvidos nos subornos confessados pela construtora Odebrecht no país.
Em dezembro de 2016, a Odebrecht revelou às autoridades americanas ter pago valores em torno de 92 milhões de dólares em esquemas de corrupção desde 2011.
A procuradoria dominicana interrogou vários ex-funcionários e ex-legisladores, mas ninguém ainda foi indiciado.
A Odebrecht e a procuradoria do país assinaram em janeiro de 2017 um acordo pelo qual a construtora brasileira se comprometeu a pagar o dobro do que havia admitido ter pago em corrupção.
No entanto, um juiz de primeira instância anulou o acordo por vício de forma.
Link da notícia

Beckenbauer interrogado por autoridades suíças devido a escândalo de corrupção
Considerado como uma lenda do futebol alemão, Franz Beckenbauer foi interrogado por procuradores federais suíços sobre suposto caso de corrupção que vem sendo investigado desde 2015.
Beckbenbauer foi um dos quatro membros responsáveis pela organização da Copa do Mundo de 2008 na Alemanha e tem sido acusado de fraude, lavagem de dinheiro, gestão danosa e apropriação indébita de fundos relacionado com um pagamento de 6,7 milhões de euros à FIFA em 2005.
O procurador suíço afirma que o ex-jogador alemão teria sido um dos “cooperantes” ou ajudantes da operação ilícita.
Link da notícia

Será que a Câmara dos Deputados vai alterar, novamente, o pacote conhecido como 10 medidas contra a corrupção? O que achou dos protestos em Santo Domingo? Percebe como várias manifestações populares globais contra a corrupção tem acontecido? E o caso FIFA, será que veremos muitos ídolos do futebol envolvidos em esquema de corrupção? Deixem ai seus comentários, não se esqueçam de curtir esse vídeo e assinar o canal.

Se achar que alguma notícia merece destaque, ou se quiser ver algum tema tratado com maior profundidade mande sua sugestão para: news@icomply.com.br

icomply-wp

View all posts

Add comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *