Compliance: teste de caráter vira etapa de contratação
Um bom currículo já não é mais suficiente para conseguir um emprego. Empresas brasileiras, hoje mais interessadas em avaliar o perfil ético dos seus colaboradores, já implementam testes de integridade em candidatos que participam de seus processos seletivos.

É o caso por exemplo das empresas Localiza e Brookfield Incorporações, cujos departamentos de RH trabalham em conjunto com o de Compliance no processo de contratação.

Os testes nessas empresas se aplicam na fase final do processo e expõem o candidato a dilemas éticos capazes de medir o seu potencial de integridade.

O advogado Renato Santos lembra que antes da década de 80, empresas americanas usavam em seus processos seletivos o polígrafo, ou máquina da verdade. Com a proibição desse método, desde então surgiram testes de integridade que as empresas brasileiras começam a conhecer.

Link da notícia

COMENTÁRIO:
É realmente uma pena que as grandes empresas que se veem hoje envolvidas em escândalos de corrupção não tenham dado ano ano de 2012 eu tive a oportunidade de estudar Compliance na Universidade de Berkeley, CA, EUA. E uma coisa que me chamou muito a atenção foi o fato de existir um número grande de pessoas que trabalhavam na área de Recursos Humanos de diversas empresas.

Quando questionei sobre esse fato, obtive uma resposta óbvia, mas que naquele momento não era para mim. Em linhas gerais a ideia é: se você trabalha em uma empresa de caráter de cachorro, não contrate gatos!

Não se faz alusão aqui a cachorros estarem corretos e gatos errados. Não! Mas apenas identificar tendências e valores divergentes.
Igualmente não afirmamos que todos os cachorros terão as mesmas “características”. Não! O corte entre as espécies aqui é moral! É imprescindível que a empresa saiba se é gato, cachorro, lobo, tigre, leão, hiena, etc.

Mais imprescindível ainda, seria saber identificar, em seu processo seletivo, qual aspirante a futuro funcionário apresenta sinais de poder vir a assumir seu viés de gato, cachorro, etc.

Segundo os palestrantes de Berkeley se economiza e se tem mais efetividade direcionando cachorros na matilha, do que tentando converter lobos.
Os lobos podem se comportar bem no meio da matilha, mas só até o momento em que encontrem outros lobos quando, então, invariavelmente, se juntarão à sua alcateia.

Segundo essa linha de raciocínio extremamente lógica e atraente: garantir que o gestor, a equipe da área Recursos Humanos e o Compliance estejam alinhados e busquem comportamentos congruentes com os valores ético-morais da empresa é sem a menor sombra de dúvida um ponto vital para assegurar que novos talentos se desenvolvam corretamente dentro da empresa.

Sua empresa possui teste de integridade?
Qual a sua opinião sobre o teste de caráter na hora de contratar alguém?

Visite nosso site e conheça mais do nosso App para gestão do programa de Compliance da sua empresa- iCOMPLY: icomply.com.br

Se quiser saber mais, assine nosso canal sobre Compliance, integridade e ações anticorrupção: youtube.com/icomplyapp

A iComply possui uma ferramenta, que é um aplicativo para smartphone, para sua empresa manter o seu programa de Compliance de forma efetiva e a um baixo custo.

Se achar que alguma notícia merece destaque, ou se quiser ver algum tema tratado com maior profundidade mande sua sugestão para: news@icomply.com.br

IComply, aprimorando pessoas, fortalecendo empresas

icomply-wp

View all posts

Add comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *